ATC/MA firma parceria com CAIXA para agilizar comunicação com cartórios do Maranhão.

post-image

A Associação dos Titulares de Cartórios do Maranhão (ATC/MA) e a Caixa Econômica Federal assinaram na manhã de hoje, 13/04/2018, um contrato que garante a prestação de serviços técnicos especializados nas atividades de intermediação de intimações e consolidações de propriedade de imóveis em processo decorrentes da Lei 9.514/97, por intermédio do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis (SREI/MA) no Estado do Maranhão.

A ATC/MA terá como principal objetivo nessa parceria agilizar a prestação de serviços e a comunicação entre a CAIXA, credora das consolidações de propriedades de imóveis, e os cartórios do Estado, que farão as cobranças aos clientes. Essa comunicação será feita através do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis, que será elaborado pela empresa Light Tecnologia, através da Cartórios Maranhão.

A assinatura do contrato foi realizada na Central Administrativa da CAIXA, localizada no bairro do Jaracaty e estiveram presentes na ocasião, Thiago Estrela, presidente da ATC/MA; Vicente Antônio Rodrigues Madureira, Gerente de Filial; Iara de Melo Barros Nahuz, Coordenadora de Filial - GIGAD/SL; José Alves Fernandes Filho, assistente sênior - GIGAD/SL, Alessandra Carvalho e Adriano Marinho, representantes da Light Tecnologia.

Para Thiago Estrela, essa parceria é um grande avanço, tanto para a CAIXA quanto para os Cartórios. “A ATC entra nesse processo para acompanhar, fiscalizar e cobrar dos cartórios uma maior agilidade e transparência nas ações. Vai ser através do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis, vinculado a Cartórios Maranhão, que a CAIXA vai se comunicar diretamente com o cartórios, sem a intermediação de terceiros, como acontecia antes.”, afirmou.

Na ocasião da assinatura do contrato, Vicente Antônio Rodrigues Madureira, Gerente de Filial afirmou que “essa parceria entre a Caixa e a Associação dos Titulares de Cartórios do Maranhão é uma vitória e tem um sabor especial, pois vai dar celeridade nas nossas ações, principalmente nas execuções das demandas extrajudiciais na área da habitação.”, frizou.